sábado, abril 14, 2012

Eu aguento. Juro, sem drama, que eu aguento de tudo. Mas uma hora, uma hora, a dor acumula, sabe? Você lembra de tudo e de todos. Você lembra daquela pessoa. E aí faz um buraco no seu coração. Um gigante buraco no seu coração que acaba escorrendo pelos olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário