sexta-feira, março 16, 2012


Eu costumava ser mais legal, mais sorridente. Mas eu mudei. Era preciso, a vida precisa de constantes mudanças. E se não for por bem, vai ser por mal. Ela te obriga, te coloca contra a parede. A vida não é fácil, é traiçoeira, cheia de curvas, declínios e obstáculos. Mas a questão é não desistir, é pular os obstáculos, correr contra o tempo que se acaba a cada dia que passa. É mudar de opiniões, de gostos, é amadurecer. O presente chega de um modo assustadoramente rápido, e o passado passa como os segundos de um relógio de parede, o futuro está logo ali, vindo cada vez mais rápido como um trem. A primavera se vai e o inverno chega. O tempo passa e o relógio nunca pára. O tempo passa tão rápido e temos que nos acostumar, muda o corpo, muda a mente, muda as dificuldades. Muda os sorrisos, muda tanta coisa. O que antes era considerado difícil, hoje temos saudade daquele tipo de dificuldade. Mas as lembranças ficam, permanecem junto do peito, guardado ali. Momentos, mesmo tudo mudando, ainda há tempo de sentar-se e ver as imagens daquele tempo. Em um tempo que tudo era mais simples, mas são mudanças. E diga-me, quem nunca mudou na vida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário