segunda-feira, março 19, 2012

Cama_large
EI, EU SEI, TÁ? EU NÃO DEVERIA TER ME APROXIMADO TANTO, PRA NÃO ME DEIXAR ENCANTAR PELO TEU JEITO, EU SEI. EU NÃO DEVERIA TER DEIXADO VOCÊ SE APOSSAR DO LUGAR MAIS ESPECIAL DENTRO DO MEU CORAÇÃO, FATIGADO DE TANTOS DESENCONTROS. NÃO DEVERIA TENTAR PEGAR TUAS DORES PRA MIM SÓ PRA VER SE ALIVIO-TE UM POUCO. NÃO DEVERIA ME ILUDIR COM OS MUNDOS QUE ME PROMETES. NÃO DEVERIA SORRIR BOBA COM UMA LEMBRANÇA TUA QUE ME INVADE, TODAS AS NOITES ANTES DE FECHAR OS OLHOS E TENTAR SONHAR CONTIGO. ALIÁS, NÃO DEVERIA SONHAR CONTIGO TAMBÉM. NÃO DEVERIA ME ILUDIR COM SUAS PALAVRAS, APESAR DE DOCES. NÃO DEVERIA DEIXAR QUE TAIS PALAVRAS SE TRANSFORMASSEM EM SENTIMENTOS E FOSSE MORAR CONTIGO, DENTRO DE MIM. NÃO DEVERIA FANTASIAR O FUTURO. NÃO DEVERIA CREDITAR TANTA ESPERANÇA A ESSA NOSSA PEQUENA ROTINA ILUSÓRIA, QUE LOGO SE DESMANCHARÁ. DEVERIA FECHAR MEUS SENTIMENTOS, JUNTO COM A NOSSA CONVERSA DO DIA. SIM, EU DEVERIA, MAS NÃO POSSO. MEU SENTIMENTO PULSA MAIS FORTE DENTRO DE MIM, DO QUE A MINHA RAZÃO E VOCÊ JÁ ME TEM NAS SUAS MÃOS. FAZES O QUE BEM ENTENDES COM O MEU CORAÇÃO, POIS HÁ MUITO TEMPO JÁ É TEU, MESMO NÃO DEVENDO ENTREGÁ-LO. MAS ENTREGUEI. E NÃO DEVERIA AINDA, TE MIMAR, QUERER TE CUIDAR, QUERER ESTAR CONTIGO, QUERER TE FAZER SORRIR, QUERER SER TUA E SOMENTE TUA, MAS QUERO. E NÃO DEVERIA TE CHAMAR DE MEU AMOR, MAS CHAMO. E NÃO DEVERIA TE AMAR, NÃO. MAS TE AMO, TE AMO. AH, COMO EU TE AMO, MEU AMOR!

Nenhum comentário:

Postar um comentário