sexta-feira, março 16, 2012

Chega um momento em que você olha a sua volta e não vê ninguém, você se sente sozinha, quer gritar, mas não consegue, por medo que alguém possa ver o quanto você é fraca, e ai, tudo que lhe resta é chorar, baixinho, um choro manso, cheio detristeza e solidão, e depois, quando não todas suas lágrimas foram derramadas, você levanta, ergue a cabeça e com um sorriso no rosto, finge que nada aconteceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário